Partilhar

Qual a diferença entre estória e história

Por Nicolas Santos. Atualizado: 16 janeiro 2017
Qual a diferença entre estória e história
Imagem: perfeitosefordoseujeito.blogspot.com

Dentre as palavras da língua portuguesa podemos encontrar várias que trabalham de forma semelhante, não apenas de forma semelhante mas algumas exercem a mesma função. Neste caso, o emprego das palavras estória e história é distinto e afirmo sem dúvidas de que o uso da palavra estória não é muito comum, por se tratar de uma palavra arcaica. Neste artigo umComo te explica qual a diferença entre estória e história.

Principais diferenças entre história e estória

As diferenças existem e são claras, antigamente o uso da palavra história se limitava apenas para descrever fatos com bases científicas, com testemunhas ou documentos para provar os acontecimentos. Já a palavra estória servia para descrever acontecimentos fictícios, não podendo ser utilizada para descrever acontecimentos reais.

O que aconteceu é que o uso da palavra história, hoje em dia, é mais abrangente e você pode utilizá-lo para descrever as situações reais e as fictícias. O uso da palavra estória decaiu com o tempo e hoje em dia não é comum encontrar essas palavras em textos e algumas pessoas, quando a encontram podem até pensar que o autor se enganou ao tentar escrever a palavra história. Estória era muito utilizada antes da língua brasileira possuir uma grafia uniformizada das palavras, mas em 1943, a vigência do sistema gráfico, a Academia Brasileira de Letras entendeu que não havia motivos para a palavra história ser limitada a fatores reais e hoje em dia, podemos utilizá-la para ambos os sentidos.

Quando utilizar Estória

  • A mãe contou estórias para o filho antes de dormir
  • Amigos adoram contar estórias de pescador

Como era utilizado antigamente, mas hoje o emprego da palavra história também serve para este caso.

Antigamente era comum encontrarmos textos que empregavam a palavra estória e hoje em dia ela pode ser utilizada para uma função que história não pode, na peculiaridade de "narrativa de cunho popular e tradicional", o que é limitador da mesma forma e não faz com que a palavra se torne popular.

É conhecido um livro de Guimarães Rosa cujo título "Primeiras Estórias" prova que esta palavra não é assim tão desprovida de credibilidade literária, mesmo que os autores e escritores que utilizam essa palavra sejam minoria.

Quando utilizar História

  • Os alunos aprender-se-iam a história da língua portuguesa, se estudassem como deve ser.
  • E então eu lhe contei a história da Alemanha nazista.

Com os exemplos acima, podemos ver que a palavra história está sendo utilizada para relatar dados científicos comprovados por documentos, mas a palavra história não está mais limitada apenas a fatos reais hoje em dia. Desta forma se você disser ou escrever "a história de dumbo" ou "a história de deus" sem se preocupar se está utilizando a palavra correta. No dicionário Aurélio por exemplo, junto a descrição da palavra estória notamos uma notificação que diz que atualmente não é comum o uso, e se você empregar esta palavra a um texto alguns leitores podem até achar estranho, eu por exemplo, escrevo essa palavra pela primeira vez na minha vida ao escrever este texto.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Qual a diferença entre estória e história, recomendamos que entre na nossa categoria de Educação e Formação universitária.

Escrever comentário sobre Qual a diferença entre estória e história

O que lhe pareceu o artigo?

Qual a diferença entre estória e história
Imagem: perfeitosefordoseujeito.blogspot.com
Qual a diferença entre estória e história

Voltar ao topo da página