Partilhar

Qual a diferença entre á à há e a

Qual a diferença entre á à há e a
Imagem: brasilescola.com

A dúvida entre qual destes palavras usar em determinados momentos é algo muito comum. Isso porque estas possuem o mesmo som e pronúncia. Porém, é preciso aprender que suas grafias são diferentes, bem como o sentido em que são empregadas.

Para você aprender qual a diferença entre à á há e a, o umComo.com.br vai dar algumas dicas sobre como usar cada uma destas palavras e eliminar suas dúvidas. Afinal, nem sempre é fácil decorar as regras da gramática portuguesa do Brasil.

Como usar “à”

Este “à” é usado quando há a necessidade de empregar uma crase, que nada mais é do que a junção da preposição “a” com o artigo “a” ou pronomes (aquela, aquele, aquilo ou as quais). Na grafia, esta fusão é representada pelo acréscimo de um acento grave e assinalado no sentido contrário ao acento agudo: à.

Para saber quando usar crase na frase, uma dica é substituí-la por “ao” e, no lugar do substantivo feminino da sua frase, usar um masculino. Isso serve para você verificar se o contrário também é verdadeiro. Ou seja, caso essa preposição “ao” seja aceite sem prejudicar o sentido, então significa que a crase “à” também será aceita, concordando com o substantivo feminino.

Alguns exemplos são: fui à farmácia. Substituindo por “ao”, podemos inventar um exemplo similar: fui ao médio. Foi provado na substituição que o “ao” está acordo. Logo, o uso da crase está correto. Outro exemplo seria: assisti à peça de teatro. Substituindo por “ao”, podemos inventar o exemplo: assisti ao filme.

Uso obrigatório da crase: antes de indicar horas e medidas. Por exemplo: às vezes, à noite, à medida que e às três da tarde.

Casos em que a crase não deve ser usada: antecedendo palavras masculinas, verbos, pronomes pessoais, nomes de cidade que não tenham artigo feminino e expressões repetidas (exemplo: dia a dia).

Como usar “á”

É possível que você fique na dúvida entre o acento agudo “á” e o acento craseado, que é o contrário do agudo “à”. Lembre-se que o “á” não existe. Ele é apenas usado para acentuar uma sílaba tônica de uma palavra, e nunca sozinho.

Exemplos: árvore, água.

Como usar “há”

Quando você quiser se referir ao tempo corrido, que ficou no passado, deverá usar a forma “há”. Este também pode ser substituído por “faz”. Desta forma, se tiver dúvidas quando ao seu uso, pode sempre recorrer pela substituição para testar se o uso é ou não correto.

Por exemplo, ambas as frases a seguir estão corretas: há dez anos que não venho aqui ou faz dez anos que não venho aqui.

Como usar “a”

Se você não está se referindo ao tempo passado, o correto é usar a preposição “a”. Neste caso, o uso é diferente do “há” porque não se assinala o tempo que já passou, mas sim um intervalo de tempo, compreendido entre o ponto de partida e de chegada. A preposição “a”, em oposição ao passado de “há”, se trata na verdade de um futuro que está para acontecer.

Outra forma de usar a preposição “a” é quando necessitar se referir à distância. Por exemplo: estamos a um quilômetro da capital ou moro a mil metros daqui.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Qual a diferença entre á à há e a, recomendamos que entre na nossa categoria de Cultura e Sociedade.

Escrever comentário sobre Qual a diferença entre á à há e a

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
WN
Muito bom! Era pra ter aprendido isso há uma década...
Editor umComo.com.br
Oi WN! Que bom saber que a informação foi útil para você! Muito obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando nossa página :)
A sua avaliação:
Andressa Souza
Ótima explicação!!!!
Editor umComo.com.br
Oi Andressa! Muito obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando a nossa página :)

Qual a diferença entre á à há e a
Imagem: brasilescola.com
Qual a diferença entre á à há e a

Voltar ao topo da página