Partilhar

Quais são os complementos verbais

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais são os complementos verbais
Imagem: portuguesconcurso.com

Toda a oração é formada por um sujeito e predicado, mas nesta segunda parte, além do verbo, podemos encontrar diferentes tipos de complementos verbais. Alguns podem ser obrigatórios, enquanto outros servirão para acrescentar informação, mas não serão indispensáveis. Na hora de fazer uma análise sintática, deveremos conhecê-los e saber que função desempenham dentro da frase, por isso em umComo queremos facilitar para você a tarefa e explicamos com detalhes quais são os complementos verbais.

Também lhe pode interessar: Quais são os verbos copulativos

Complemento direto (CD)

Os verbos transitivos são aqueles que requerem um complemento direto - também conhecido como objeto direto - para ter sentido, por isso este complemento verbal aparecerá em inúmeras orações. Pode ser dirigido pela preposição "a" se refere a pessoas e os pronomes que o substituem são "o/a/os/as".

Além disso, para detectar os complementos diretos podemos passar a frase para a passiva e este se converterá no sujeito.

Exemplos de complementos diretos:

  • Estava vendo um filme quando me ligou. --> Estava vendo-o quando me ligou.
  • Luisa encontrou uma nota de cinco reais. --> Luisa a encontrou.
  • Esperamos seu irmão --> O esperamos.

Complemento indireto (CI)

Os complementos indiretos - ou objetos indiretos - especificam quem recebe a ação verbal, tanto com verbos transitivos como intransitivos. São sempre introduzidos pela preposição "a" e a substituição pronominal é por "lhe/lhes".

Exemplos de complementos indiretos:

  • Minha mãe dá dinheiro a meu irmão cada semana. --> Minha mãe lhe dá dinheiro a cada semana.
  • Disse à professora como tinha acontecido --> Lhe disse como tinha acontecido.

Complemento atributo

No caso dos complementos atributo, só poderão aparecer em orações com verbos de ligação, isto é, com "ser, estar e parecer". O atributo especifica no predicado qualidades do sujeito, concordando em gênero e número.

Em geral são adjetivos ou sintagmas adjetivais que não devem ser confundidos com outros complementos verbais como os circunstanciais de modo ou os complementos diretos. O pronome com o qual se substituem os atributos é "o".

Exemplos de complementos atributo:

  • Maria é alemã. --> Maria o é.
  • O cachorro está cansado. --> O cachorro o está.
  • Seus pais parecem chateados. --> Seus pais o parecem.

Complemento predicativo

Muito similar ao anterior, o complemento predicativo é usado também para designar qualidades do sujeito, mas neste caso com verbos predicativos, os que não são de ligação. Por isso, também concorda em gênero e número com o sujeito, ao contrário do complemento circunstancial, de maneira que pode ser similar, mas não concordará.

Exemplos de complemento predicativo:

  • Eles escutavam atentos o que lhes explicava.
  • Minha irmã chegou atarefada.

Complemento de regime verbal

Alguns verbos requerem preposição, isto é, para ter sentido precisam de um complemento verbal dirigido por uma preposição: o complemento de regime verbal. Em muitos casos, tratam-se de verbos pronominais, ainda que também possam ser outros tipos de verbo.

Se tirarmos a preposição, veremos como a oração perderá o sentido, inclusive se substituímos pelo pronome pessoal tônico que lhes corresponda: "ele/ela/isso".

Exemplos de complementos de regime verbal:

  • Lembre-se dos livros! --> Lembre-se disso!
  • Não me acostumo a não ver você. --> Não me costumo a isso.
  • Conto com Marta. --> Conto com ela.

Complemento circunstancial

Entre os complementos verbais, destacam-se também os circunstanciais, aqueles que especificam em que circunstâncias se desenvolvem a ação verbal. Existem muitos tipos de complemento circunstancial: lugar, tempo, modo, instrumento, companhia.

Todo circunstancial pode ser eliminado da frase sem que esta perca o sentido; não se trata de um complemento verbal obrigatório mas são necessários para ampliar a informação.

Exemplos de complementos circunstanciais:

  • Maria chegará às 10 da noite.
  • Deixe as chaves sobre a mesa.
  • Cortarei presunto com a faca nova.

Complemento Agente

Os complementos agente encontram-se apenas em frases passivas, já que é quem desenvolve a ação. Se passarmos a oração para ativa, o complemento agente passará a ser o sujeito da oração. É por isso que poderemos encontrá-los com verbos transitivos e sempre introduzidos pela preposição "por".

Exemplos de complemento agente:

  • O texto foi corrigido pela professora --> A professora corrigiu o texto.
  • Meu avô era conhecido por todos no bairro --> Todos conheciam meu avô no bairro.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são os complementos verbais, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Escrever comentário sobre Quais são os complementos verbais

O que lhe pareceu o artigo?

Quais são os complementos verbais
Imagem: portuguesconcurso.com
Quais são os complementos verbais

Voltar ao topo da página