Partilhar

Quais são as três funções vitais

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais são as três funções vitais
Imagem: intereconomia.com

Quando falamos de funções vitais referimos-nos às funções que todo o ser vivo realiza para manter a vida. Constam de um total de três e são comuns para todo mundo, e inclusive os seres vivos unicelulares podem desempenhá-las, pois a única célula com que contam realiza-as de forma independente. Sem elas seria completamente impossível sobreviver e todas as espécies se extinguiriam, já que uma delas é a reprodução. Se quiser saber quais são as três funções vitais continue lendo este artigo de umComo.com.br e descubra.

Também lhe pode interessar: Quais são as funções do esqueleto

Funções vitais: nutrição

A nutrição é a função vital que nos permite manter vivos, pois recolhe todas aquelas atividades que todos nós, seres vivos, realizamos para obter a matéria e energia imprescindíveis para viver. Para poder ser desempenhada corretamente, a nutrição é constituída por vários fatores:

  • A alimentação. Sem a ingestão de alimentos que nos proporcionem as proteínas e nutrientes necessários para nos desenvolver e crescer não seria possível a sobrevivência. Existem dois tipos de nutrição: a heterótrofa e a autótrofa. A primeira delas corresponde à que nós, humanos e animais, utilizamos e baseia-se na fabricação de matéria própria a partir de matéria orgânica. Isto é, ingerimos alimentos que podem ser tanto de procedência animal como vegetal, nosso organismo digere-os e reduz a moléculas simples. O sistema digestivo tem um papel fundamental neste processo. Enquanto a segunda consiste na criação de matéria orgânica a partir da inorgânica, como o dióxido de carbono, a água ou os sais minerais, através da fotossíntese. Assim, corresponde à forma de nutrição dos vegetais.
  • A circulação. Este processo da nutrição é vital para fazer chegar a matéria a todas as partes do corpo.
  • A excreção. Todos os seres vivos ingerem a matéria e energia que precisam para viver e expulsam as substâncias nocivas, inúteis ou prejudiciais para eles, através do corpo ou da fotossíntese, e isto faz-se por meio da excreção. No caso dos humanos e animais, ela é feita através da urina e da matéria fecal, graças ao sistema excretor.
  • A respiração. Incluímos a respiração dentro da nutrição porque é o processo metabólico que nos permite ter, elaborar e manter toda a energia que adquirimos por meio da alimentação. Consiste na entrada de oxigênio ao corpo e na expulsão do dióxido de carbono, através do sistema respiratório.

Funções vitais: reprodução

A reprodução é a função vital que nos permite garantir a proliferação das espécies. Sem ela, nos extinguiríamos e formaríamos um planeta sem vida. Por meio da reprodução, os seres vivos podem gerar organismos semelhantes a si mesmos e conseguir, assim, a sobrevivência no longo prazo da espécie à qual pertencem. Existem dois grandes tipos de reprodução, a sexuada e a assexuada.

A reprodução sexuada é a que requer intervenção de dois indivíduos de sexo oposto, isto é, um feminino e outro masculino. É realizada através da união das células sexuais (óvulos e espermatozoides), ou gametas, de cada um dos indivíduos, a qual é denominada fecundação. Esta união pode ocorrer de maneira externa, em que as células sexuais se unem fora do corpo dos indivíduos e os ovos, portanto, formam-se fora (é o caso de muitos dos animais marítimos, por isso este tipo de fecundação ocorre na água); ou interna, em que as células masculinas, espermatozoides, devem entrar no corpo da fêmea através dos órgãos reprodutores, unir-se com seus gametas, óvulos, e fecundá-los. Assim, o feto desenvolve-se dentro do corpo da fêmea (ocorre nos animais mamíferos e nos seres humanos).

A reprodução assexuada é aquela em que só intervém um indivíduo, própria dos seres unicelulares. Distinguem-se vários tipos dentro deste ramo da reprodução:

  • Bipartição de uma célula em duas para dar lugar a dois filhos, é o caso das algas unicelulares e dos protozoários.
  • Fragmentação de um organismo dando lugar à criação de outro ser vivo, é o caso das estrelas do mar, entre outros.
  • Gemação, na qual o progenitor cria um novo indivíduo mediante as gemas que se encontram na membrana plasmática. O pai realiza uma divisão desigual de uma de suas células, a menor passa para a gema e desenvolve-se outro organismo semelhante. É o caso das esponjas do mar, entre outros.

Funções vitais: relação

A relação é a função vital que nos permite reagir e gerar uma resposta ou estímulo perante uma determinada mudança. Quando falamos de estímulo referimos-nos a uma variação do meio, enquanto quando dizemos resposta estamos fazendo referência à reação tanto das células como dos seres vivos. Em geral, são os estímulos os que geram uma resposta, que pode ser positiva, quando o movimento vai na mesma direção, ou negativa, se vai na direção oposta. Um exemplo claro de estímulo pode ser a sensação de fome, cuja resposta positiva seria o instinto e ato de caçar para se alimentar.

Graças à percepção de mudanças no meio (estímulos), tanto internos (do nosso próprio corpo) como externos (meio), e elaboração de respostas a estes estímulos, é possível garantir a sobrevivência, pois é o que torna possível que os seres vivos se relacionem entre si e com o meio ambiente.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são as três funções vitais, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Escrever comentário sobre Quais são as três funções vitais

O que lhe pareceu o artigo?
5 comentários
matheus
eu terminei matheus henrique 8d
angelo
quais sao os principas problemas que se verificam na adolescencia?
A sua avaliação:
ercilio madao
quais sao as principais funços das celulas?
jilio
3 funções vitais sao: nutrição, relação e reprodução
Patricio estevao
Quais sao as duas funcoes vitais?

Quais são as três funções vitais
Imagem: intereconomia.com
Quais são as três funções vitais

Voltar ao topo da página