Partilhar

Quais são os ossos do tórax

 
Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais são os ossos do tórax

No esqueleto humano existem muitos ossos, exatamente 206, que nos ajudam a manter o nosso corpo em pé, a nos mover e a proteger órgãos vitais como o coração e os pulmões. Uma das partes mais importantes do esqueleto é o tórax, composto por 37 ossos, entre os quais encontramos vários tipos de costelas, o esterno e as vértebras torácicas.

Quer conhecer tudo sobre os ossos do tórax ou caixa torácica? Então, em umComo.com.br convidamos você a continuar lendo este artigo para saber quais são os ossos do tórax, como se ligam entre eles e que funções têm.

Também lhe pode interessar: Quais são os ossos da perna

O que é o tórax?

O corpo humano está dividido em três partes importantes: a cabeça, o tronco e as extremidades. O tronco está dividido por sua vez em três partes conhecidas como tórax, abdômen e pélvis. O tórax ou caixa torácica é a parte superior do tronco que começa desde a base do pescoço até ao diafragma, o músculo que separa o tórax do abdômen. Além disso, tem a forma de um cone com a base maior que a parte superior e pode se expandir para ajudar na função dos pulmões.

No tórax encontram-se vários órgãos vitais como o coração, os pulmões, parte da traqueia e do esôfago, bem como artérias e veias, por exemplo, a artéria aorta e a veia cava. Portanto, os ossos da caixa torácica protegem os órgãos vitais de possíveis traumatismos, sendo esta uma de suas funções mais importantes.

Quais são os ossos do tórax - O que é o tórax?

Os ossos da caixa torácica

Segundo a anatomia humana, os 37 ossos do tórax são os seguintes:

As costelas

Há um total de 24 costelas, especificamente encontramos 12 de cada lado, que são ossos longos, planos e curvados, cuja função principal é proteger os órgãos vitais de possíveis pancadas de qualquer ângulo mas, sobretudo, pelos lados, já que nas laterais são os únicos ossos que temos. As costelas unem-se entre elas pelas cartilagens intercostais, que ajudam a se mover para facilitar a respiração. Além disso, juntam-se pela parte da frente ao esterno graças às cartilagens costais e pela parte de trás, ligam-se com a coluna vertebral pelas articulações costovertebrais.

Existem 3 tipos de costelas:

  1. As costelas verdadeiras: são as 7 primeiras costelas de cada lado, fixam-se tanto nas vértebras como no esterno e, por isso, são as costelas mais fortes e firmes.
  2. As costelas falsas: as 3 costelas que seguem as verdadeiras de cada lado são as conhecidas como falsas, chamadas assim porque estão unidas diretamente com as vértebras e ao esterno se unem de forma indireta, através de uma extensão da cartilagem. Portanto, este tipo de costelas é bem mais móvel que as verdadeiras.
  3. As costelas flutuantes: estas seguem as falsas, encontramos 2 de cada lado e se chamam flutuantes pelo fato de estarem só unidas às vértebras, já que ao esterno não se unem de nenhuma forma.

O esterno

É um osso plano que costuma medir uns 15 centímetros de comprimento e que se encontra situado na parte frontal do tórax, ligando as costelas e protegendo os órgãos vitais pela frente. Este osso está subdividido em 3 partes:

  1. O manúbrio: parte superior do esterno pela qual se une a primeira costela verdadeira de cada lateral e, por sua vez, se articulam os ossos da clavícula, sendo este o ponto de união do tórax com as extremidades superiores.
  2. O corpo do esterno: é a parte maior do esterno e encontra-se mesmo no meio unido ao resto das costelas verdadeiras diretamente e às falsas indiretamente.
  3. A xifoide: parte inferior do esterno que normalmente tem forma de ponta pequena ainda que, às vezes, sua forma possa variar. Durante muitos anos da nossa vida é uma cartilagem, mas vai se ossificando até ser completamente um osso na idade adulta. Além disso, é a única parte do esterno que não está unida a nenhuma costela.

As vértebras torácicas

São as vértebras com menor mobilidade e maiores que há, encontram-se na continuação das cervicais, que se ligam com a cabeça, e antes dos lombares, se unem com a pélvis e as extremidades inferiores. Portanto, estas 12 vértebras torácicas ou dorsais estão na parte média da coluna vertebral e se unem às costelas graças à sua articulação. Denominam-se com um T à frente que indica que pertencem à região torácica, por isso encontramos as vértebras desde o T1 até ao T12.

Agora que já conhece quais são os ossos do tórax, talvez também lhe interesse saber como se chamam os ossos do braço e quais são as extremidades do corpo humano.

Quais são os ossos do tórax - Os ossos da caixa torácica

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são os ossos do tórax, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Escrever comentário sobre Quais são os ossos do tórax

O que lhe pareceu o artigo?

Quais são os ossos do tórax
1 de 3
Quais são os ossos do tórax

Voltar ao topo da página