Cultura africana

Tradições culturais da África

 
Letícia Lima
Por Letícia Lima. 29 agosto 2022
Tradições culturais da África

Cultura é, de acordo com o Dicionário de Sociologia[1], "o conjunto acumulado de símbolos, ideias e produtos materiais associados a um sistema social, seja ele uma sociedade inteira ou uma família". Nesse sentido, o que é cultura africana seria toda essa definição, mas aplicada ao continente africano em sua integridade. Não é possível falar de uma cultura africana, do mesmo modo que é impossível falar de uma cultura europeia: são continentes enormes com países com tradições culturas materiais e imateriais distintas. Confira neste artigo do umCOMO algumas das tradições culturais da África.

Também lhe pode interessar: Tradições culturais da África no Brasil

Índice

  1. Como é a cultura africana
  2. Tradições africanas
  3. Tradições afrobrasileiras

Como é a cultura africana

Quais são as culturas da África? A África é um continente composto por 54 países, então sua cultura é bem diversa e rica. É formada tanto por elementos culturais materiais quanto imateriais:

  • Materiais: "[...] tudo o que é feito, modelado ou transformado como parte da vida social coletiva, da preparação do alimento à produção de aço e computadores...".
  • Imateriais: "[...] inclui SÍMBOLOS — de palavras à notação musical —, bem como as ideias que modelam e informam a vida de seres humanos em relações recíprocas e os sistemas sociais dos quais participam".

A partir desses dois aspectos e desse número enorme de países, faremos alguns recortes de tradições culturais africanas a seguir.

Tradições africanas

Vejamos a seguir algumas das tradições africanas.

A dança de corte dos Wodaabe

Em Níger, o Guérewol é um ritual e competição anual onde os jovens se vestem com ornamentos elaborados e pintura facial tradicional e se reúnem em filas para dançar e cantar para chamar a atenção de um dos juízes – uma jovem casada. Nesta tribo em particular, o ideal de beleza masculina é sobre olhos e dentes bem cuidados.

Os alargadores nos lábios dos Mursi

Na Etiópia, quando uma menina Mursi atinge a idade de 15 ou 16 anos, seu lábio inferior é cortado por sua mãe ou outra mulher mais velha. O corte é mantido aberto por um plugue de madeira por cerca de três meses enquanto cicatriza. Entretanto, essa é uma escolha de cada menina.

A cuspida dos Maasai

No Quênia, o povo Maasai vê cuspir como uma forma de bênção e um sinal de respeito. Dois amigos se cumprimentando vão cuspir nas palmas das mãos antes de apertar as mãos. Quando um bebê nasce, os membros da família cuspem na criança para desejar-lhe uma vida longa e boa sorte. Cuspir também é costume no dia do casamento de uma filha, onde seu pai cuspirá em sua testa para desejar-lhe uma união abençoada.

A circuncisão Ulwaluko

Na África do Sul, os jovens Xhosa participam de uma iniciação de maioridade chamada Ulwaluko. Os jovens, conhecidos como abakhwetha, são primeiro circuncidados sem anestesia, antes de serem enviados para longe de sua aldeia e para o mato, com suprimentos mínimos e envoltos em um cobertor. Vestindo argila branca em seus rostos, os iniciados se defenderão por até dois meses, vivendo em uma estrutura construída pela comunidade adulta da vila especificamente para Ulwaluko. Ao retornarem, eles deixam de ser chamados de "meninos".

As mulheres de Chewa

As mulheres da tribo Chewa controlam as heranças, já que a sucessão é matrilinear.

O casamento por lobola

Na África do Sul, lobola também é referido como "dote", com a família do futuro noivo negociando com a noiva por sua mão em casamento. O dote vem em muitas formas, incluindo dinheiro, mas alguns escolhem gado.

O festival do ano novo lunar dos Bodi

Na Etiópia, ocorre o Ka'el - o ano novo lunar de Bodi. Nos meses anteriores ao evento, os homens vivem isolados e bebem em excesso uma mistura de leite e sangue de vaca durante meses para ficarem muito inchados e acima do peso. Cada clã apresentará então um homem solteiro para disputar o título de homem mais gordo para encontrar uma esposa. Com os estômagos inchados, o equilíbrio e a fadiga podem ser um problema, mas uma vez que o evento termina, os competidores retornam ao seu tamanho normal em questão de semanas.

Tradições afrobrasileiras

Originalmente reprimida por ser mal vista, a cultura afro-brasileira é um conjunto de representações culturais no Brasil que têm sido influenciadas em certa medida pela cultura africana desde o período colonial até hoje. No aspecto religioso, podemos citar a umbanda, o candomblé, o culto de Ifá, a quimbanda, o xambá e a irmandade dos homens pretos.

Na culinária, temos os seguintes alimentos e preparações:

  • Acarajé
  • Caruru
  • Vatapá
  • Moqueca
  • Azeite de dendê

Cada divindade cultuada tem os seus próprios pratos especiais. O interessante é que cada item alimentar significa mais do que aquilo que se vê.

A música é sem dúvida uma das áreas que mais sofre influência das tradições afrobrasileiras, com instrumentos e ritmos como afoxé, agogô, atabaque, berimbau e, claro, o tambor. Além disso, há a capoeira - uma luta que mistura elementos de dança - e mesmo o próprio samba.

É interessante notar que a cultura negra chegou ao Brasil quase fazendo parte dos povos africanos. Trouxeram memórias, não pinturas ou esculturas, e fizeram delas história. Cada tradição é uma tradição oral que continua de geração em geração, repassada oralmente.

Na música de Jorge Ben Jor, temos um pouco sobre essa vinda ao Brasil:

Angola, Congo, Benguela

Monjolo, Cabinda, Mina

Quiloa, Rebolo

Aqui onde estão os homens

Há um grande leilão

Dizem que nele há

Uma princesa à venda [...]

A música aborda diversos povos de países que vieram de forma forçada para o Brasil, inclusive com sua realeza, de forma a ser vendidos como escravos. Entretanto, apesar do sofrimento enorme, o povo não deixou morrer sua cultura.

Se você gostou deste artigo sobre as tradições culturais da África, também pode gostar de saber como se comemora o natal na África e os jogos e brincadeiras da cultura africana.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Tradições culturais da África, recomendamos que entre na nossa categoria de Cultura e Sociedade.

Referências
  1. JOHNSON, Allan G. Dicionário de sociologia: Guia prático da linguagem sociológica. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.
Bibliografia
  • MARCHANT, Leslie. 7 Amazing African Tribal Traditions. Rhino Africa. Disponível em: <https://blog.rhinoafrica.com/2018/08/13/7-amazing-african-tribal-traditions/>. Publicado em 13 de agosto de 2018. Acesso em 28 de agosto de 2022.
  • CNN. 12 incredible African tribal traditions. Disponível em: <https://edition.cnn.com/2016/12/05/africa/incredible-tribal-traditions-africa/index.html>. Publicado em 05 de dezembro de 2016. Acesso em 28 de agosto de 2022.
  • PORTAL DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA. Evolução Histórica: CULTURA AFRO-BRASILEIRA. Disponível em: <https://www.faecpr.edu.br/site/portal_afro_brasileira/3_III.php>. Acesso em 28 de agosto de 2022.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Tradições culturais da África