Partilhar
Partilhar em:

Qual é a função das hormonas?

Qual é a função das hormonas?

As hormonas são substâncias específicas que são liberadas para o sangue por células que se localizam em glândulas carentes de condutos (chamadas endócrinas) ou células epiteliais cujo propósito é influenciar as funções de outras células. Se quer conhecer melhor o funcionamento interno do corpo humano, o umCOMO explica qual é a função das hormonas e porque se produzem certos efeitos no nosso organismo. Continue lendo e, assim, conhecerá o funcionamento do corpo humano em profundidade e, também, porque o desequilíbrio hormonal pode afetar-nos animicamente.

Também lhe pode interessar: Qual é a função das flores

Tipos de hormonas

Antes de saber qual é a função das hormonas, é necessário compreender que existem dois tipos bem diferentes: de um lado existem as naturais, mas também é possível receber certos tratamentos através de hormonas sintéticas.

A produção de hormonas não é algo específico dos humanos, mas sim uma característica de todos os organismos multicelulares como fazem, por exemplo, as plantas com a sua produção de fitormonas. Estes mensageiros químicos (outra designação para as hormonas) são parte do mesmo grupo onde podemos incluir as feromonas e os neurotransmissores.

As doenças associadas às hormonas são estudadas por um ramo da medicina conhecido como endocrinologia. O corpo humano, em particular, é produtor de uma grande quantidade de hormonas diferentes, cada uma delas atuando sobre diferentes objetivos e provocando vários efeitos no organismo.

Como funcionam as hormonas?

Quando ocorre uma mudança no corpo provocada por diferentes efeitos (como, por exemplo, uma mudança de temperatura, de luz, de pressão atmosférica ou outras alterações internas), os nervos enviam um sinal ao nosso cérebro. Ao receber esses sinais, o cérebro interpreta e envia uma nova mensagem à glândula endócrina ou órgão para que este libere uma ou mais hormonas, que chegarão aos receptores específicos encontrados nas células onde atuarão.

Entre as funções mais comuns que controlam as hormonas, é possível identificar efeitos como:

  • Uso e armazenamento de energia
  • Controlo dos níveis de substâncias no sangue (por exemplo sal e açúcar)
  • A atividade total de certos órgãos
  • O desenvolvimento e o crescimento
  • As características sexuais e efeitos de reprodução

Funções das hormonas no corpo humano

Existe uma quantidade verdadeiramente ampla de hormonas dentro do nosso corpo e, tal como mencionei antes, cada uma produz um efeito diferente. Entre as mais importantes podemos reconhecer:

  • Progesterona: Específica das mulheres, é liberada pelos ovários e atua nas glândulas mamárias e no útero, ocupando-se de regular os ciclos menstruais.
  • Gonadotropina coriônica: Esta hormona é produzida pela placenta, atuando sobre as gônadas, e a sua função é ajudar a manter a gravidez de forma contínua.
  • Testosterona: Esta hormona é produzida pelos testículos nos machos e, em menor quantidade, nos ovários das fêmeas e também pelas glândulas suprarrenais. Esta é a principal hormona responsável pela excitação sexual masculina. As suas funções são de crescimento, produção de massa muscular e tecido ósseo, sendo também responsável pela formação do escrito, do pelo da axila e do pelo púbico, além de ser responsável pela modificação da voz (deixando-a mais grave, especialmente durante a adolescência masculina).
  • Insulina: Esta hormona é produzida pelas células beta de Langenhans. O seu efeito é geral, provocando um aumento no uso da glicose (metabolismo da glicose incrementado) e reduzindo o açúcar no sangue.
  • Tiroxina: Esta hormona é produzida pela glândula tiroide e paratiroide, ocupando-se de regular o metabolismo do cálcio e do fósforo em todo o corpo em geral.
  • Adrenalina: Também conhecida como epinefrina, é produzida pelas glândulas suprarrenais, sendo frequentemente associada às reações de luta ou fuga e provocando um aumento na frequência cardíaca, contraindo os vasos sanguíneos e provocando um estado de alerta e excitação elevados.
  • Serotonina: É uma hormona neurotransmissora, produzida nos neurônios serotonérgicos do sistema nervoso central e também nas células enterocromafins localizadas no trato intestinal. A sua função é controlar o humor, o apetite e o sono.
  • Dopamina: Esta hormona é um neurotransmissor produzido no hipotálamo, embora também possa ser produzida artificialmente. A sua função é aumentar o ritmo cardíaco e a pressão arterial.
  • Melatonina: Foi observado que a sua produção é gerada por estímulos de luz entram através do olho, quando são detetados pela glândula pineal. Atualmente, todas as funções que esta hormona possui ainda estão sendo investigadas, mas alguns dos efeitos mais comuns associados a ela são a modulação do sistema imunológico, o seu efeito antioxidante, provocando também sono.
  • Somatropina: Também conhecida como hormona de crescimento, é liberada pela Hipófise anterior, provocando efeitos nos ossos e nos músculos, principalmente, e estimulando o crescimento da mitose celular (replicação de células).
  • Secretina: Esta hormona atua sobre o pâncreas e é liberada pela mucosa duodenal, estando encarregue de estimular a secreção de líquidos pancreáticos.
  • Prolactina: Produzida pela hipófise anterior e atuando sobre o útero, as mamas e o sistema nervoso central, está encarregue da produção de leite, além do prazer durante as relações sexuais.
  • Oxitocina: Esta hormona é produzida pela Hipófise posterior, causando o seu efeito sobre as mamas, o útero e a vagina. Esta hormona realiza funções diferentes, está envolvida na secreção de leite, faz parte das causas do orgasmo e também está presente nas reações que provocam a confiança com as pessoas.
  • Leptina: hormona produzida pelo tecido adiposo cuja função é a diminuição do apetite e o aumento do ritmo do metabolismo.
  • Orexina: A orexina é produzida pelo Hipotálamo e cumpre a função de aumentar o gasto de energia e provocar apetite.

Tal como pode observar até agora, as funções das hormonas são muito variadas e, dependendo da hormona e das células sobre a qual ela atua, os efeitos produzidas a curto ou a longo prazo no organismo, de um jeito subtil ou alterações bruscas que não estão corretamente reguladas ou existindo algum tipo de alteração na sua função, podem provocar uma grande variedade de doenças e transtornos.

Se nota que algo não está bem com o sue organismo, é recomendável visitar um endocrinólogo, uma vez que ele poderá determinar qual é a hormona responsável pela sua patologia e qual é o tratamento adequado para regular o seu funcionamento e fazer com que trabalhe do jeito normal.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Qual é a função das hormonas?, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Qual é a função das hormonas?

O que lhe pareceu o artigo?

Qual é a função das hormonas?
1 de 3
Qual é a função das hormonas?