Partilhar

Qual a diferença entre átomos e íons

Por Yuri Ferreira. Atualizado: 16 janeiro 2017
Qual a diferença entre átomos e íons
Imagem: iflscience.com

Certas vezes, alguns conteúdos escolares não ficam tão bem afixados na nossa cabeça. Quando estamos falando de Física e Química, vemos uma dificuldade maior ainda de memorização de conceitos básicos. Átomos, íons, cátions, ânions, prótons, tudo soa muito parecido e não temos certeza sobre a função desses elementos dentro do nosso mundo.

Esse artigo foi feito para retirar uma dúvida comum que é a confusão entre átomos e íons. Descobrir qual é a função dos dois, além de compreender qual é a utilidade deles dentro de todo o universo pode ser além de divertido, útil e necessário. Para entender qual é a diferença entre átomos e íons, continue lendo esse artigo que umComo.com.br desenvolveu para você.

Também lhe pode interessar: Qual a diferença entre ácido e base?

O átomo

O átomo é a partícula fundamental da matéria. Toda a matéria, tudo aquilo que é sólido, líquido ou gasoso é composto por átomos.

O átomo é composto naturalmente de:

  • Prótons - Carga positiva
  • Nêutrons - Carga neutra
  • Elétrons - Carga negativa

Essas partículas são responsáveis pela estruturação básica do átomo em núcleo e eletrosfera. O núcleo é composto de prótons e nêutrons, sendo que os elétrons, talvez a mais curiosa parte da brincadeira, ficam viajando em volta do núcleo de maneira orbital, como os planetas giram em torno do Sol. Essa região de órbita dos elétrons é chamado eletrosfera.

Como é um sistema de positivos e negativos, para haver estabilidade, deve haver equilíbrio. Esse equilíbrio ocorre quando existe um número de igual de prótons e elétrons. Quando não há, esse átomo buscará um outro átomo para executar uma ligação e assim formar uma molécula. Um exemplo de molécula é a molécula de água, H2O, composta de dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio, que estão ligados através de suas respectivas eletrosferas. Isso será essencial na hora de reconhecer a diferença entre íons e átomos.

Qual a diferença entre átomos e íons - O átomo

O íon

Como visto acima, o átomo não estável sente necessidade de se ligar para alcançar a estabilidade elétrica entre positivos (prótons) e negativos (elétrons). Porém, certas vezes essas ligações não são possíveis e obtemos um átomo instável, com elétrons sobrando ou faltando. Isso é um íon.

Mas o que essa diferença numérica entre prótons e elétrons pode causar? Quando os elétrons estão faltando, o íon é denominado ânion. Quando os elétrons estão sobrando, o íon é chamado de cátion.

  • Ânion - negativo
  • Cátion - positivo

Os ânions estão eternamente em busca dos cátions e vice-versa. É dessa necessidade que surgem as ligações das quais falávamos antes. O problema é quando essas ligações não ocorrem de jeito algum e o átomo fica instável. A instabilidade causa uma coisa chamada de carga elétrica. Quando concentrada e direcionada, a carga elétrica gera uma corrente elétrica. Se você quer entender melhor, leia nosso artigo sobre a diferença entre ânodo e cátodo.

A diferença entre átomo e íon

Como visto nas duas definições acima, a diferença entre o íon e o átomo é a sua estabilidade elétrica. Todo íon é um átomo, mas nem todo átomo é um íon. O íon é o átomo que está buscando uma ligação e ainda não a encontrou (e talvez nunca encontre, se por exemplo, está na ionosfera). Essas relações são constituintes básicas da matéria e compõem o mundo material todo.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Qual a diferença entre átomos e íons, recomendamos que entre na nossa categoria de Educação e Formação universitária.

Escrever comentário sobre Qual a diferença entre átomos e íons

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Rosa
Obrigada pelos esclarecimentos.

Qual a diferença entre átomos e íons
Imagem: iflscience.com
1 de 2
Qual a diferença entre átomos e íons

Voltar ao topo da página