menu
Partilhar

Aplicativos para acompanhar gravidez

 
Por Letícia Lima. 25 outubro 2021
Aplicativos para acompanhar gravidez

A espera de um bebê é um momento bastante esperado por muitas famílias, e com certeza a gravidez é um ponto de virada na vida — para além das questões hormonais, estar grávida é um momento delicado, no qual as preocupações com a saúde da mãe e do bebê só crescem.

Nesse sentido, os aplicativos para acompanhar gravidez ficaram cada vez mais populares com a difusão da internet e dos smartphones. Especialistas alertam, entretanto, que "o desenvolvimento de aplicativos para gestantes tem papel fundamental, pois auxiliam as futuras mães, principalmente aquelas em que estão em seu primeiro filho [...], no entanto, devem ser em grande parte mais direcionados aos cuidados relacionados as gestantes, devem também conter informações e dicas úteis para um bom desenvolvimento do feto, e principalmente devem deixar claro que o acompanhamento por um médico se faz necessário [...]"[1]. Com isso em mente, confira no umCOMO os melhores aplicativos para acompanhar gravidez.

Também lhe pode interessar: Como ser mãe na adolescência

Aplicativos para acompanhar gravidez

É normal sentir muitas dúvidas durante a gravidez, sobretudo na primeira gestação. Os aplicativos para acompanhar gravidez prestam um excelente papel para tirar as dúvidas mais simples e também acompanhar o desenvolvimento do seu bebê. Confira nossa seleção:

Gravidez +

O app Gravidez + possui mais de dez milhões de downloads e é um dos mais populares da categoria. É possível comprar uma versão paga dentro do aplicativo com funcionalidades extras, mas a gratuita já é bem completa. Ao abrir o app, você é informada do dia, semana e em qual trimestre da gravidez está, bem como algumas dicas de saúde.

O Gravidez + também conta com um diário e um semanário da gravidez, imagens de ultrassom, tamanho do bebê comparado a tamanho de frutas, guloseimas ou animais, para se ter uma ideia melhor, linha do tempo, sugestões de nomes de bebês, guias sobre amamentação, trabalho de parto, etc., controle de peso da gestante, álbum de fotos da barriga, agenda de consultas e lista de tarefas. Outras funcionalidades interessantes são o contador de chutes e cronômetro de contrações.

Confira nosso artigo com nomes para bebês diferentes e bonitos.

Minha gravidez e meu bebê hoje

Este aplicativo de gravidez do portal BabyCenter é um dos mais populares entre os aplicativos para acompanhar a gravidez. Após fazer o cadastro no app e informar a data da última menstruação, você já é direcionada para a página inicial, que informa os dias e as semanas, bem como o tempo restante até o parto. Você também pode acessar facilmente informações como tamanho do bebê e mudanças que estão ocorrendo no seu corpo.

Na seção de "Ferramentas", tem-se acesso a um álbum de fotos da barriga, sugestões de nomes para o bebê e um cronômetro de contrações.

Calendário de Gravidez gestação semana a semana

Neste app existem várias alternativas para calcular a idade gestacional. Uma vez feito o cálculo, já se tem a data de previsão para o parto. Na página inicial estão disponíveis diversas informações sobre o bebê, como estágio do desenvolvimento e os impactos no corpo da gestante. Uma das funções mais interessantes são as técnicas de respiração adequadas para a grávida, tanto para alívio de estresse quanto para a hora do parto.

Minha gravidez semana a semana

Este app de gravidez também possui várias alternativas para calcular a idade gestacional. Na página principal, pode-se ver o peso e o comprimento do bebê, bem como a provável data de parto, além de informações relevantes sobre mãe e bebê. O app conta com uma lista de afazeres para cada um dos três trimestres, o que levar na bolsa do hospital. Assim como outros aplicativos da lista, este também tem um controle de peso da gestante, um contador de chutes e a possibilidade de instalar um app do mesmo desenvolvedor voltado à cronometragem das contrações.

Não deixe de ler nosso artigo sobre como contar as semanas da gravidez.

Meu Pré-Natal

Criado em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o app fornece, em um design de ciclo, o seu tempo de gravidez em semanas e a data provável do parto, e também conta com um medidor do avanço da gravidez.

No menu, é possível acessar funcionalidades como:

  • Elaborar seu plano de parto, como via de parto, quem gostaria de ter como acompanhante, se gostaria ou não de fotos, se gostaria de ter contato pele a pele com o bebê e se gostaria de amamentar na primeira hora de vida, quem você gostaria que desse o primeiro banho, etc;
  • Criar um álbum de fotos da gestação;
  • Obter respostas técnicas para dúvidas rápidas na seção de dúvidas;
  • Contador de contrações;
  • O que levar na mala para o hospital;
  • Incluir dados do bebê, etc.

Apesar do app não ter a melhor navegabilidade, observa-se que é um aplicativo bom para acompanhar gravidez, já que o trabalho dos profissionais da saúde na sua elaboração foi de fundamental importância para seu conteúdo preciso e confiável.

Cuidados com privacidade

Conforme informações levantadas por especialistas no dossiê Tecnopolíticas de Gênero da revista científica Cadernos Pagu[2], os aplicativos de monitoramento da gravidez estão de olho nos dados das gestantes:

[...] os aplicativos possuem extensos termos de privacidade e de uso, localizados de forma “labiríntica”, através de links que se remetem por sua vez a outros links, e que exigem grande esforço da usuária para ler e entender todos os termos. No Gravidez+ há informações sobre o recolhimento de dados pessoais, obrigatórios para o uso do aplicativo, e que podem ser repassados para outras empresas afiliadas, bem como empresas fornecedoras de serviços externos. Já no BabyCenter, a usuária é responsável por todo conteúdo postado, e ao mesmo tempo concede o direito ao BabyCenter e suas afiliadas em relação a este conteúdo. Neste app, além de constar a política de privacidade atual, há o aviso de que ela poderá ser alterada a qualquer momento, e que a continuação do uso após a publicação da nova política no site já caracteriza a aceitação das mudanças. Assim, a usuária é responsável por visitar periodicamente o site do BabyCenter e checar se houve alguma alteração na política. Em caso de discordância, a usuária deve deixar de utilizá-lo.

Ou seja, os dados das gestantes estão disponíveis para serem comercializados por essas empresas. Atualmente, com a Lei Geral de Proteção de Dados, é preciso que se dê expressamente a autorização para a coleta e uso dos dados pessoais. Portanto, fique atenta e leve isso em consideração ao escolher o melhor aplicativo para acompanhar a gravidez.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Aplicativos para acompanhar gravidez, recomendamos que entre na nossa categoria de Ser Pai e Mãe.

Referências
    1. AMADOR, Jenifer Fernanda Sanches; GARCIA, Lucas França; YAMAGUCHI, Miriam Ueda. CYBERSAÚDE: IMPORTÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS PARA GESTANTES. 2019. Disponível em: <http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3824>. Acesso em 22 de outubro de 2021.
    2. PALETTA, Gabriela Cabral; NUCCI, Marina Fisher; MANICA, Daniela Tonelli. Aplicativos de monitoramento do ciclo menstrual e da gravidez: corpo, gênero, saúde e tecnologias da informação. cadernos pagu, 2021. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/cpa/a/RWLk5kcnkskpJBLXW4QFrGt/?lang=pt>. Acesso em 22 de outubro de 2021.

    Escrever comentário

    O que lhe pareceu o artigo?

    Aplicativos para acompanhar gravidez
    Aplicativos para acompanhar gravidez

    Voltar ao topo da página