menu
Partilhar

Os principais deuses nórdicos

 
Por Juliana Ribeiro. 25 março 2022
Os principais deuses nórdicos

Os deuses nórdicos surgem da mitologia germânica e nórdica. A principal diferença entre as duas mitologias é o nome de cada divindade, o mesmo fato que aconteceu entre a mitologia romana e a grega. Agora, os deuses gregos e romanos são muito populares e boa parte da sociedade conhece seus nomes, porém, há uma falta de conhecimento generalizada sobre os deuses nórdicos.

No entanto, o fato de os deuses nórdicos serem menos famosos não significa que eles sejam menos importantes e interessantes dentro do mundo mitológico, ao contrário: isso gera maior interesse e curiosidade. Para saber mais sobre os principais deuses nórdicos, seus nomes e descrições, no umCOMO recomendamos que você continue lendo este artigo.

Também lhe pode interessar: Deuses hindus: quais são os principais?

Odín

Odín é considerado o rei da mitologia nórdica. No grupo de deuses masculinos nórdicos, ele era a divindade do conhecimento e o pai de todos os deuses. Ele foi representado como um homem velho com barba, solitário e caolho. Seu rosto se destacava porque faltava um olho que ele sacrificou para alcançar a sabedoria infinita no poço de Mimir.

Odín também é conhecido como o Deus do Corvo porque, graças aos dois corvos que ele tinha (Munin e Hugin), descobriu tudo o que acontecia nos mundos.

Os principais deuses nórdicos - Odín

Frigg

Nesta lista que mergulha na mitologia nórdica, Frigg, uma das mais importantes deusas nórdicas, não poderia faltar. Frigg era considerada a divindade da família, do lar e do casamento. Ela era a esposa de Odín e mãe de Balder, Hermodr, Hödur, Bragi e as Valquírias. Ela geralmente é confundida com Freya devido à semelhança de seus nomes.

Os principais deuses nórdicos -  Frigg

Thor

Considerado o Deus do trovão, Thor era filho de Odín e o principal inimigo dos gigantes presentes na mitologia nórdica. Ele é bem conhecido pelo martelo que carregava, chamado Mjölnir, uma arma forjada por anões. Thor era o único dos deuses nórdicos capaz de usar este martelo porque era muito pesado, daí a arma ser conhecida como martelo de Thor.

Os principais deuses nórdicos - Thor

Balder

Ele era o segundo filho de Odín. Balder era considerado o Deus da verdade e da luz. Ele foi um personagem muito importante na mitologia nórdica porque sua morte foi um dos eventos que antecederam o Ragnarök, ou seja, a batalha no fim do mundo.

Segundo a mitologia, Balder sonhava com sua morte quando criança. O deus Loki enganou o irmão cego de Balder, Hödur, para atirar em um galho de visco, causando sua morte.

Os principais deuses nórdicos - Balder

Loki

Loki era o Deus da mentira e filho de gigantes. Ele também era conhecido como a origem de qualquer fraude, tendo a capacidade de mudar sua forma. Dessa forma, ele se misturou com os deuses nórdicos e até Odín chegou a tratá-lo como filho adotivo.

Embora Loki seja geralmente representado como um inimigo das divindades, ele nem sempre foi: ele colaborou como aliado dos deuses dos Aesir antes do Ragnarök. Graças a ele, Odín conseguiu seu cavalo Sleipnir e, por sua vez, Thor o famoso martelo Mjölnir.

Após orquestrar a morte de Balder, Odín puniu Loki, mas quando se libertou começou o Ragnarök com seus filhos: a serpente aquática chamada Jörmundgander, o lobo Fenrir e Hel, ou seja, a deusa do reino dos mortos.

Os principais deuses nórdicos - Loki

Njördr

O próximo na nossa lista de deuses nórdicos é Njördr, o Deus dos mares, oceanos e navegação. Segundo a mitologia nórdica, todas as criaturas marinhas estavam a seu serviço. Ele se deslocava em um carro puxado por duas baleias. Ele teve dois filhos com a deusa caçadora Skadi: eles se chamavam Frey e Freya.

Os principais deuses nórdicos - Njördr

Hel

Outra das deusas nórdicas era Hel, a divindade do submundo e filha de Loki. Ela foi banida de Asgard uma vez que os deuses mataram a serpente Jörmundgander e amarraram o lobo Fenrir. Eles a baniram por medo de que Hel quisesse vingança. Ela é um personagem com senso de justiça: era a responsável por punir os bandidos e perdoar os mocinhos.

Skadi

Skadi era a divindade da caça, das florestas e do inverno. Esta deusa nórdica era uma giganta e teve dois filhos com Njördr: Freya e Frey. Apesar disso, o casal se separou porque ela não suportava o mar e ele não gostava da floresta. Existe uma crença de que a Escandinávia recebeu o nome em referência a essa deusa nórdica.

Frey

Este deus nórdico era o irmão gêmeo de Freya e filho de Skadi e Njördr. Ele era considerado o Deus da fertilidade, do sol e da chuva. Ele tinha uma carruagem que era puxado por seu javali de ouro. Ele também é considerado por alguns como um ancestral da mitologia da casa real sueca.

Freya

Freya era a Deusa do amor. Ela era associada à lua e à magia como uma clara antítese de seu irmão Frey, que era associado ao sol. Freya também tinha um javali de ouro e uma carruagem puxada por dois gatos. Ela é frequentemente confundida com Frigg devido ao seu relacionamento com as Valquírias e a semelhança dos nomes. Frigg era a mãe das Valquírias e Freya as liderava.

Tyr

Outro dos deuses nórdicos muito importantes na mitologia é Tyr, a divindade da justiça, vitória e guerra. Ele era considerado nas cidades germânicas como o principal deus, antes de Odín. Segundo a lenda, Tyr perdeu uma de suas mãos enquanto amarrava o lobo Fenrir.

Heimdall

Ele era o protetor dos deuses e era encarregado de proteger o arco-íris de Bifröst que, segundo a mitologia nórdica, ligava Asgard (o mundo dos deuses) a Midgard (o mundo dos humanos). Além disso, Heimdall tinha audição e visão incomparáveis ​​e dormia muito pouco. Segundo a lenda, ele era capaz de ouvir o crescimento da lã das ovelhas.

Idunn

A próxima deusa nórdica muito relevante na cultura e mitologia é Idunn. Essa divindade representava imortalidade e juventude. Ela era a esposa de Bragi e se encarregava de guardar e proteger as maçãs de ouro que davam eterna juventude.

Bragi

Na mitologia nórdica, Bragi era considerado a divindade da poesia. Este deus nórdico era par de Idunn, conhecida como a deusa da juventude e da imortalidade. Bragi era o deus responsável por receber guerreiros caídos em Valhalla.

As três Nornas

As três Nornas eram seres mitológicos, espíritos femininos descendentes de deuses, elfos e anões. Elas eram responsáveis ​​por tecer todos os fios do destino ao pé da árvore Yggdrasil. Eram 3: Verdandi (o que está acontecendo agora, o futuro), Urd (o que aconteceu, destino) e Skuld (a culpa, o que deveria ser).

Essas deusas do destino representavam o passado, bem como o presente e o futuro. Há um paralelismo entre as três Nornas e os Destinos da mitologia romana, bem como com os Destinos da mitologia grega. Os deuses nóricos também inspiram os nomes dos guerreiros vikings.

Se você gostou deste artigo sobre os principais deuses nórdicos, recomendamos que leia os seguintes posts:

Se pretende ler mais artigos parecidos a Os principais deuses nórdicos, recomendamos que entre na nossa categoria de Cultura e Sociedade.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Os principais deuses nórdicos
1 de 7
Os principais deuses nórdicos

Voltar ao topo da página