Partilhar

O que são as perífrases verbais

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
O que são as perífrases verbais
Imagem: mensajeybotella.blogspot.com

No sintagma verbal de toda oração, o núcleo central é constituído por um verbo. Há vezes em que este verbo não se apresenta em sua forma simples, sendo composto de vários verbos conectados entre si. Este é o caso das perífrases verbais que agem como núcleo central em alguns sintagmas verbais. Se quer saber exatamente o que são as perífrases verbais, seus tipos e características, em umComo.com.br, mostramos-lhe uma explicação detalhada.

Também lhe pode interessar: Quais são as principais figuras de estilo
Passos a seguir:
1

A perífrases verbal é a união de duas ou mais formas verbais que, unidas, funcionam como unidade. São formadas de um verbo auxiliar conjugado, um elemento que atua como conector e um verbo que detém o significado fundamental e que está em forma não verbal (gerúndio, infinitivo, particípio).

Ex: Tenho que comprar pão.

2

Às vezes, podem aparecer dois auxiliares, o segundo dos quais também estará na forma não pessoal.

Ex: Vamos ser julgados.

3

As perífrases servem para marcar algumas características da ação do verbo que não podem ser expressas pelas formas simples ou compostas do verbo. Existem diferentes tipos de perífrases as quais veremos nas seguintes seções.

4

O primeiro tipo de perífrases são as modais. São as que informam sobre a atitude do falante em relação à ação verbal. As perífrases podem ser: de obrigação, de probabilidade e de possibilidade.

5

Exemplos dos diferentes tipos de perífrases modais:

  • OBRIGAÇÃO: Ter que/Dever/Ter de/Ter que: Tem que estudar mais.
  • PROBABILIDADE: Vir a/Dever de: Devem ser as duas.
  • POSSIBILIDADE: Poder: Certamente que pode consegui-lo.
6

O segundo tipo de perífrases são as aspectuais. Estas informam sobre o desenvolvimento da ação verbal. Os tipos são: ingressivas (ação iminente), incoativas (ação no momento de começar), frequentativas (ação habitual), reiterativas (ação repetida), durativas (ação em desenvolvimento) e terminativas (ação acabada).

7

Alguns exemplos de perífrases aspectuais:

  • INGRESSIVAS: Ir a/Estar por/Estar a ponto de: Vai chover logo.
  • INCOATIVAS: Pôr-se a/Romper/Começar a/Jogar-se a/Iniciar: Começei a correr assim que soube.
  • FREQUENTATIVAS: Costumar: Costumo ir à piscina nos domingos.
  • REITERATIVAS: Voltar a: Voltará a esquiar após a lesão.
  • DURATIVAS: Estar/Andar/Ir/Vir/Seguir: Anda meditando diversas opções.
  • TERMINATIVAS: Deixar de/ acabar de/ terminar de/ chegar a/ cessar de: Deixou de fumar há três meses.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que são as perífrases verbais, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Conselhos
  • Consulte qualquer manual de gramática.

Escrever comentário sobre O que são as perífrases verbais

O que lhe pareceu o artigo?

O que são as perífrases verbais
Imagem: mensajeybotella.blogspot.com
O que são as perífrases verbais

Voltar ao topo da página