Partilhar

Como ser mais criativo

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como ser mais criativo

Nossa mente está ativa 24 horas por dia. Quando não estamos pensando no trabalho, estamos ocupados com os nossos problemas pessoais, ou se não, imersos nos problemas do mundo. Mas a mente precisa ser alimentada, você precisa dar uma pausa, a fim de ser mais produtivo e eficiente, e, essencialmente, mais feliz. Como alimentar a mente? Entre muitas outras coisas, colocar em prática nossa criatividade ajuda nossos pensamentos a fluírem e ver os problemas com maior perspectiva. Mas, embora seja verdade, é muito difícil atualmente ser criativo, dizer "hoje vou ser criativo" não costuma funcionar. É por isso que vamos mostrar em oito passos simples como ser mais criativos eficientemente.

Também lhe pode interessar: 9 hábitos para ser mais criativo

Derrube falsos mitos

Quando falamos de criatividade, nossa mente viaja para a vida boêmia, dos artistas, ou para a nossa infância. Somos educados com o conceito equivocado de que ser criativo implica não seguir as normas, se rebelar contra o sistema, ir viver em uma montanha e nos afastar da sociedade.

Há quem pense que a pessoa criativa nasce com essa característica inata, e que só alguns eleitos a possuem. Remetendo-nos a Truman Capote, "Todas as pessoas têm a disposição de trabalhar criativamente. O que ocorre é que a maioria jamais percebe", a criatividade não é só coisa de pintores, músicos ou escritores. Há quem seja criativo para os esportes, para as finanças, para a bricolagem, na cozinha ou inovando novas ideias de negócio. Talvez nos surpreendamos sendo criativos em um campo em que jamais teríamos pensado em nos destacar.

Como ser mais criativo - Derrube falsos mitos

Faça trabalhos manuais

Crie um pássaro de papel, faça rabiscos de tinta em uma folha, faça uma trança de fios, figuras de papel cortado, o objetivo desta etapa é manter as mãos ocupadas e sua mente focada no que você está fazendo. Um dos objetivos da escola ao nos ensinar artesanato é incentivar a criatividade, que em tenra idade é muito mais evidente do que quando envelhecemos. Mas por que deixar de praticá-la quando estamos mais velhos? A criatividade ainda está lá, escondida, é preciso apenas trazê-la para a superfície.

O artesanato ajuda a não deixarmos nossa mente vagar, a recordar bons momentos, a pensar em possíveis soluções para os nossos problemas, a estar conosco mesmos. Todo isso nos permite libertar nosso estresse e relaxar de uma forma criativa. Ao vermos nosso trabalho finalizado, saberemos do que fomos capazes, e se virmos alguma falha, poderemos melhorá-la em nosso trabalho seguinte.

Como ser mais criativo - Faça trabalhos manuais

Aprenda coisas novas, nunca é tarde

Não tenha medo de explorar, bem como também não se feche para o desconhecido. Uma das bases da criatividade é estar aberto para aprender, para conhecer coisas novas. Podemos aprender novas técnicas de cozinha ou um novo idioma, como também podemos recuperar aquelas atividades que por circunstâncias da vida deixamos estacionadas: como aprender a dirigir moto ou tocar a guitarra. Explorar diferentes caminhos na vida levará você a conhecer outros novos, o que implica que cada vez sua mente estará mais aberta e, consequentemente, com vontade de criar.

Não seja obsessivo, mas não desista

Um dos maiores problemas quando somos confrontados com uma tarefa criativa é querer acertar. Poucas coisas são bem sucedidas no primeiro tempo, se não tivermos muita experiência em alguma prática, o mais provável é que não saia 100% perfeito.

Não podemos nos dar ao luxo de ser perfeccionistas, quanto mais ficarmos obcecados com uma determinada ideia, fechada, teremos nossa visão e não seremos capazes de explorar as outras opções possíveis. Da mesma forma, continue tentando, cada dia que passa será um pouco melhor. Um dia você se surpreenderá com o seu nível de avanço, e tudo graças a não ter desistido.

Como ser mais criativo - Não seja obsessivo, mas não desista

Aceite as críticas

Quando procuramos uma segunda opinião, muitas vezes nos decepciona ouvir aquilo que não queremos: "poderia ficar melhor", "não gosto", "Por que não faz dessa forma?". Devemos estar conscientes constantemente de que não existe um gosto universal, não existe nada que agrade a todos. Aceite que essa pessoa tem um gosto diferente e pergunte a ela o que você poderia fazer para melhorar sua criação da maneira mais objetiva possível (mas atenção, não faça mudanças em função do gosto de outra pessoa). Aceite também as autocríticas, esqueça aquilo de "eu não valho para isto" e aceite "não está perfeito, você pode melhorar". Acredite em você.

Como ser mais criativo - Aceite as críticas

Volte a ser criança

Como dissemos no princípio, a criatividade está muito relacionada com a infância. Portanto, se deseja ser mais criativo, basta voltar a ser criança. Procure aquilo que o diverte e o faça sorrir. Não tenha medo de fazer o que uma pessoa de sua idade não deveria fazer. Jogue, faça algum esporte, ponha à prova sua adrenalina, ria com vontade... O principal beneficiário de ser mais criativo é você. Portanto, pense em sua felicidade para chegar a isso, porque quando se é feliz, as pessoas que o amam também o serão.

Como ser mais criativo - Volte a ser criança

Olhe adiante

O mundo está repleto de criatividade, de pequenas coisas insignificantes à primeira vista, mas que encerram um grande exercício criativo. Um pequeno grafite que aproveita uma superfície rugosa, um carro que foi decorado como uma banda desenhada, uma fita de festa pendurada em um terraço, ou um anúncio publicitário que é um verdadeiro exercício criativo. Levante a cabeça, olhe ao seu redor e caminhe; a deriva já era um exercício que os artistas franceses praticavam no início do século XX, pratique-o durante o percurso de casa para o trabalho ou vice-versa.

Como ser mais criativo - Olhe adiante

Não pare de praticar

Uma vez que tenha encontrado uma atividade que o torna único, execute-a. Haverá períodos em que não poderá pôr em prática a sua criatividade devido às circunstância pessoais ou profissionais. É normal, neste momento, devemos descansar. Retome quando estiver preparado, quando sentir que está aguentando, quando precisar escapar ou quando sentir que precisa estar sozinha consigo mesmo. Pratique, pratique e pratique, gere um hábito indestrutível. Chegará um momento em que olhará para trás, quando aquilo era apenas um projeto, e verá do que você é capaz.

Como ser mais criativo - Não pare de praticar

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como ser mais criativo, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Escrever comentário sobre Como ser mais criativo

O que lhe pareceu o artigo?

Como ser mais criativo
1 de 8
Como ser mais criativo

Voltar ao topo da página