menu
Partilhar

Quais são os sete pecados capitais

 
Por Redação umCOMO. 11 agosto 2021
Quais são os sete pecados capitais

A religião católica comtempla uma série de pecados capitais que os crentes mais fieis devem evitar. A fé cristã implica muito mais que crer em Deus, já que condiciona o estilo de vida. Existem atitudes positivas e negativas que são inegociáveis, entre as quais se encontram este sete pecados capitais. A origem e o significado deste conceito são realmente curiosos.

Além de saber quais são os sete pecados capitais, é importante que você descubra o que significa cada um deles. Alguns se podem confundir com outros termos modernos, por isso é necessário esclarecê-los um por um. Para conhecer o que representam os pecados capitais e aprender a diferencia-los, recomendamos que continue lendo este artigo do umCOMO.

Também lhe pode interessar: Quais são os dez mandamentos

Significado dos sete pecados capitais

O catolicismo é encarregado de definir o conceito dos sete pecados capitais. Cada um deles representa um comportamento a ser evitado pelo ser humano para não cometer nenhum pecado. Quanto ao termo "capitais", se refere a que estes pecados são o ponto de partida do qual surgem os demais. A fé cristã sugere que os pecados surgem do vício, motivo pelo qual também empregam o conceito vícios capitais para nomear os pecados capitais.

São Tomás de Aquino definiu os sete pecados capitais conhecidos na atualidade. São os seguintes: soberba, preguiça, gula, avareza, luxúria, ira e inveja. O papa Gregório I os enumerou há 1500 anos e Dante Alighieri falou sobre eles em sua obra Divina Comédia.

Soberba

Depois de conhecer quais são os sete pecados capitais, também te interessará saber o que significam. Um deles é a soberba e significa a atribuição de qualidades observadas como dons de Deus aos próprios méritos. Dentro destas qualidades se encontra a inteligência, por exemplo.

O demônio representativo da soberba é Lucifer. Quem comete este pecado capital é um soberbo que não é capaz de reconhecer a ninguém acima dele. Ninguém mesmo, sem exceção, nem sequer Deus.

Preguiça

A preguiça é outro dos sete pecados capitais. Trata-se da negativa de fazer tarefas básicas e necessárias. Também é um pecado de espírito, isto é, os preguiçosos que não se entregam à vontade de Deus simplesmente por falta de ânimo. O demônio que representa a preguiça é Belfegor.

Gula

O desejo de beber e comer de maneira descontrolada e desmesurada recebe nome de gula. É outro dos pecados capitais, ainda que o significado não se refere somente à ânsia de comer e beber. Neste caso, também representa uma ideia de excessos em respeito ao material.

A gula é um dos pecados capitais que mais afetam a saúde, já que influencia o aspecto físico e mental, além de esconder um problema espiritual muito mais profundo. O demônio da gula é o Belzebu e para evitá-la, deve praticar continuamente a virtude da temperança.

Avareza

A avareza é o pecado correspondente ao desejo de conservar ou possuir a maior quantidade possível de riqueza. Esta riqueza é superior à necessária para viver. A pessoa que cai neste pecado se preocupa com frequência por ter mais dinheiro, propriedades e tudo relacionado com a riqueza.

As pessoas que são avarentas dão um valor tão alto à riqueza material e as possessões que centram o objetivo principal de suas vidas em reter e acumular mais riqueza. Para eles, é a máxima prioridade. O demônio da avareza é Mammon.

Luxúria

A luxúria é um setes pecados capitais e é relacionado ao sexo. O prazer sexual que uma pessoa busca para si mesma e de forma imediata corresponde à luxúria. A busca de prazer fugaz e estritamente pessoal define o luxurioso. Por isso, considera o resto dos indivíduos como meros corpos em vez de pessoas com sentimentos. Asmodeo é o demônio deste pecado capital.

Ira

Alguma vez você sentiu um desejo excessivo de vingança? Este sentimento é a ira e se encontra entre os pecados capitais. A ira é ofensiva à caridade, porque uma pessoa que cai nela está propensa a agir em um sentido e a expressar coisas que machuquem pessoas de seu entorno.

As palavras expressadas com muita ira, sejam dolorosas ou amáveis, são capazes de chegar ao coração da pessoa a que se dirigem. Além do mais, a ira também pode ofender o sentido da justiça, porque um indivíduo, longe de limitar-se a solucionar um problema, busca vingança. O demônio deste pecado capital é Belial.

Se você costuma experimentar este sentimento, te recomendamos que leia este outro artigo sobre como controlar a ira.

Inveja

Considera-se a inveja como pecado capital e se trata de um sentimento de tristeza pelos bens dos outros. Esta sensação é prejudicial para a pessoa, porque diminui a notoriedade ou excelência própria.

As pessoas invejosas se ressentem pelos bens alheios, já sejam talentos, trabalhos, posses, aparência ou popularidade. Além do mais, se alegram e chegam a desfrutar das adversidades e desgraças sofridas por outros indivíduos. Leviatã é o demônio que representa a inveja.

Agora que você já sabe quais são os sete pecados capitais, além de também saber os nomes dos demônios dos 7 pecados capitais, siga aprendendo sobre as bases do cristianismo com estes artigos:

Sete pecados capitais: nomes

Se você parar para pensar, sempre que alguém tenta se lembrar quais são os sete pecados capitais, acaba deixando um ou outro de fora. Por isso te deixamos uma lista com a colinha dos nomes dos sete pecados capitais explicados neste texto para que você não se esqueça:

  • Soberba;
  • Preguiça;
  • Gula;
  • Avareza;
  • Luxúria;
  • Ira;
  • Inveja.
Quais são os sete pecados capitais - Sete pecados capitais: nomes

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são os sete pecados capitais, recomendamos que entre na nossa categoria de Cultura e Sociedade.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Quais são os sete pecados capitais
1 de 2
Quais são os sete pecados capitais

Voltar ao topo da página