Partilhar

Como escrever uma história infantil

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como escrever uma história infantil

As histórias infantis costumam ser leituras muito leves, educativas e curtas; no entanto, para a sua elaboração precisa estar atento a muitos aspectos que são fundamentais para que a edição tenha sucesso, para que agrade às crianças e, principalmente, cative também os adultos, que tomarão a decisão de compra (ou não).

Escrever não é uma tarefa fácil, muitas vezes a inspiração desaparece ou o assunto não desperta tanto interesse como o esperado. No entanto, existem muitos conselhos que, se forem seguidos, nos permitirão cumprir com o nosso objetivo. Se está decidido a ser o escritor favorito dos pequenos, neste artigo de umComo contamos como escrever uma história infantil.

Também lhe pode interessar: Como fomentar a leitura infantil
Passos a seguir:
1

A primeira coisa que deve fazer para escrever uma história infantil é procurar referência. Nenhum escritor, do tipo que for, escreve sem ler antes os outros autores. Comece a ler muitas histórias infantis analisando cada tema, como interagem os personagens, qual é a moral da história, qual é a linguagem e palavras usadas para se expressar. Preste atenção até mesmo nas cores das páginas, nas ilustrações, na espessura das linhas: em uma história infantil está tudo pensado e, ainda que não pareça, ao seu público-alvo que é o mais exigente e sincero.

2

Para escrever uma história infantil também é recomendável passar um tempo com as crianças. Fale com os seus filhos, sobrinhos, primos... o importante é que esteja atento às suas conversas, ideias, coisas que gostam e em como acham que a vida funciona. Observar os seus comportamentos e anotar as suas preferências pode ser fundamental para encontrar o assunto do conto infantil que deseja escrever.

Como escrever uma história infantil - Passo 2
3

Não saia de casa sem um bloco de notas. No dia a dia aparecem situações, conversas de outras pessoas, paisagens, desenhos e até crianças desconhecidas que podem oferecer a você momentos de inspiração ou de referência para começar a escrever um conto infantil. Anote no bloquinho tudo aquilo que achar útil para suas histórias, como o nome de um personagem ou as características físicas do protagonista, ou o lugar onde quer que aconteçam os fatos. Sair para passear é um exercício ideal para descobrir e inventar histórias.

4

Depois de ler contos infantis, passar tempo com crianças e passear bastante pela rua, já terá ideias suficientes para começar a escrever sua história; agora deverá repassar as partes de uma história infantil. Toda a história tem um começo, que convida os leitores a conhecer de que se trata o livro. Depois está o desenvolvimento da história, onde se conhecem os diálogos entre diferentes personagens e acontece a grande maioria dos fatos, onde no geral ocorre um conflito. Por último está o final, onde o conflito se resolve passando à moral da história. É importantíssimo que no final, o leitor compreenda a mensagem exata do que se deseja ensinar.

Como escrever uma história infantil - Passo 4
5

Para escrever uma história infantil deve fazer um esquema de personagens. Escreva a história de cada um por separado e comece a descrever e a conhecê-los. Que idade eles têm, do que gostam, onde moram, como se relacionam entre si, por que se conhecem, se são humanos, se são animais, se são seres não reais. Toda a informação sobre seus personagens deve estar neste esquema, o que permitirá a você agilizar a escritura e usar conexões e adjetivos na história.

6

Para escrever uma história infantil deve considerar que se trata de uma história, não de um livro. Os textos longos e complexos não costumam ser os preferidos das crianças, por isso não exagere passando de duas páginas de texto. Isso não quer dizer que a sua história infantil terá só duas páginas, lembre-se que irá acompanhado de desenhos e ilustrações.

Como escrever uma história infantil - Passo 6
7

Também deverá decidir em que voz escreverá a história infantil. Isso é importantíssimo para a realização da narração e dos diálogos. Escrever em primeira, segunda ou terceira pessoa é uma decisão totalmente do autor, mas é muito recomendável que exista sempre a voz de um narrador que introduza o leitor na história e nas conversas dos personagens. Também é o narrador quem se encarrega de insistir na moral da história.

8

Quando tiver resolvido os detalhes anteriores deverá começar a escrever. É muito provável que, à medida que escreve a história infantil, mais de uma vez decida fazer mudanças, adicionar ou eliminar personagens, mudar nomes ou inclusive voltar a começar do zero. Isso é totalmente normal. O importante é que se lembre que, para captar a atenção do leitor, a narração e a informação que inclua nos dois primeiros parágrafos da história são importantíssimas.

Como escrever uma história infantil - Passo 8
9

Depois de terminar de escrever uma história infantil, é necessário que o leia muitas vezes. Assim você poderá encontrar erros, modificar algumas partes da história, mudar palavras e verificar que tudo se entende perfeitamente. Experimente contar seu conto infantil a uma criança e peça sua opinião; isso será de grande ajuda. Por último, deverá procurar a ajuda de um designer que ilustre as páginas de seu conto e de uma editora que o queira publicar. Sorte, e que a inspiração sempre o acompanhe!

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como escrever uma história infantil, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Escrever comentário sobre Como escrever uma história infantil

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
bianca
como agente escreve a historia em que saite eu devo entrar para escrever a historia

Como escrever uma história infantil
1 de 5
Como escrever uma história infantil

Voltar ao topo da página