Partilhar

Os números em diferentes alfabetos

Por Vanessa Lopes. Atualizado: 16 janeiro 2017
Os números em diferentes alfabetos

Gostaria de ter a sua situação financeira sob controlo e manter sempre as suas contas secretas? Faça delas "índias" ou se preferir "chinesas". Substitua nas suas contas os números modernos pelos números usados pelos povos antigos. Neste artigo, mostramos-lhe os números em diferentes alfabetos: egípcios, babilônicos, romanos, índios, maia, e claro, a sua equivalência para os números modernos.

Os números egípcios

O sistema de numeração egípcio permite representar números, desde um até milhares, desde o início do uso da escrita de hieróglifos. No princípio do terceiro milênio a.C. os egípcios possuíam o primeiro sistema de numeração decimal - com numeração de base 10. Embora não houvesse um sistema posicional, permitindo o uso de números grandes e também de pequenas quantidades em forma de frações de unidade: as frações do Olho de Hórus.

Os números em diferentes alfabetos - Os números egípcios

Os números Babilônicos

O sistema de numeração da mesopotâmia (também chamada de numeração babilônica) é um sistema de representação dos números na escrita de vários povos da Mesopotâmia, incluindo os sumérios, os acádios e os babilônios.

Os números em diferentes alfabetos - Os números Babilônicos

A numeração romana

O sistema de numeração romana é um sistema de numeração posicional que se desenvolveu na Roma Antiga e foi utilizada em todo o império romano. Este sistema utiliza algumas letras maiúsculas como símbolos para representar certos números, a maior parte dos números escreve-se com combinações de letras, por exemplo o ano 2012 escreve-se MMXII (onde cada M representa 1000, o X representa 10 e II representa duas unidades) e para terminar um escreve-se I.

Os números em diferentes alfabetos - A numeração romana

Os números chineses

Os chineses utilizam três sistemas de numeração: o sistema mundialmente utilizado indo-arábico, juntamente com outros dois sistemas antigos próprios dos chineses. O sistema huama (chinês tradicional: 花碼, chinês simplificado: 花码, pinyin: huama, são literalmente números floridos ou sofisticados) foi gradualmente vencido pelos números de escrita árabe. O sistema de escrita por caracteres ainda se utiliza e é semelhante (embora não muito) para escrever um número em forma de texto.

Os números em diferentes alfabetos - Os números chineses

A numeração indiana ou hindu

A numeração hindu, ainda é usada na Índia, Paquistão, Bangladesh, Nepal e Birmânia, e é baseada em grupos de duas casas decimais, em vez das habituais três casas decimais como no resto do mundo. Este sistema de numeração apresenta separadores entre os números nos lugares apropriados para a agregação de dois. Por exemplo, 30 milhões (3 crore) rúpias escreve-se "Rs. 3,00,00,000", com uma vírgula nos sítios correspondentes a mil, crore e lakh, em vez de "Rs. 30.000.000".

Os números em diferentes alfabetos - A numeração indiana ou hindu

A numeração maia

Os maias utilizam um sistema de numeração vigesimal (com base de 20) de raiz mista, similar a outras civilizações mesoamericanas. Os maias pré-clássicos desenvolveram independentemente o conceito de zero por volta do ano 36 a.C. Esta é a primeira utilização do zero documentada na América Latina, com algumas peculiaridades que o privam da possibilidade operatória. Inscrições, mostram-os a trabalhar em ocasiões com somas de até centenas de milhões e datas tão grandes que precisavam de várias linhas para as representar.

Os números em diferentes alfabetos - A numeração maia

Se pretende ler mais artigos parecidos a Os números em diferentes alfabetos, recomendamos que entre na nossa categoria de Ser Pai e Mãe.

Escrever comentário sobre Os números em diferentes alfabetos

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Fernanda
Então, na imagem onde tá escrito "índios" tinha que estar escrito indianos, né...

Os números em diferentes alfabetos
1 de 7
Os números em diferentes alfabetos

Voltar ao topo da página