Partilhar

Quais são as causas do fracasso escolar

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais são as causas do fracasso escolar

O fracasso escolar é um fenômeno que não responde a uma única causa, e inclusive pode ser motivado por várias delas ao mesmo tempo. Cada aluno é um caso particular, e seu nível de rendimento acadêmico pode estar determinado por uma infinidade de fatores. Em umComo.com.br analisamos quais são as causas do fracasso escolar.

Também lhe pode interessar: Como fazer um requerimento escolar

Dificuldades próprias do estudante

Nesta seção seria necessário distinguir entre os problemas cognitivos e os motivacionais. Por uma parte uma alta porcentagem de casos de fracasso escolar deve-se diretamente a dificuldades como a dislexia, o déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) ou problemas de visão ou audição. É fundamental detectar estas causas a tempo, para que o aluno não comece a afastar-se do ritmo de seus colegas. Se não se faz isto, podem inclusive serem dados diagnósticos errôneos que podem estigmatizar a criança, como "é um preguiçoso" ou "você não serve para estudar".

Por outro lado, as crianças, da mesma forma que os adultos, precisam ter um estímulo para se esforçarem. Se ficarem entediados, não vão se esforçar nem verão sentido nas aulas. Este poderia ser, por exemplo, o caso dos alunos com um alto coeficiente intelectual, que costumam perder rapidamente o interesse, já que sua capacidade vai muito além do nível que se dá na sala de aula. Por outro lado, a depressão e a baixa autoestima, que costumam acontecer com frequência durante a adolescência, também podem afetar de forma importante o rendimento do aluno.

Falhas no sistema educativo

Há vozes que opinam que o sistema educativo não ajuda precisamente muitos alunos a ter um melhor rendimento em suas notas. Reduzir os altos índices de fracasso escolar tem sido sempre um objetivo dos governos, que têm aprovado até ao dia de hoje diferentes leis de reforma do sistema educativo, sem que se tenha encontrado a solução definitiva.

A educação formal é, por outro lado, uma imensa corrente na qual cada conexão importa. O último deles, o docente, é um dos mais importantes, se não for o mais importante. Uma pessoa que tenha amplos conhecimentos de seu assunto, e que além disso seja capaz de motivar e comprometer sua classe, pode ajudar os mais retardatários a voltar ao ritmo do resto e a aumentar sua autoestima.

Causas socioeconômicas

Há estudos oficiais que revelam uma relação direta entre o nível socioeconômico das famílias e o rendimento dos filhos na escola. Em muitos casos a falta de apoio em casa ou de dinheiro para continuar os estudos médios e superiores faz com que os alunos não deem o melhor de si mesmos ou que abandonem antes do tempo sua formação. Estes coletivos de alunos são os que mais diretamente dependem do investimento público em educação para conseguir rendimentos ótimos.

Problemas conjunturais

As pessoas têm altos e baixos ao longo de diferentes etapas de suas vidas. Quedas de humor, acontecimentos externos que nos marcam negativamente, ou inclusive situações de assédio escolar (conhecido como bullying).

Às vezes não são mais do que períodos passageiros que não passam de pequenos tropeços que se ajeitam em pouco tempo, mas outras vezes marcam mais do que seria desejável a aprendizagem. Sobretudo nos casos de assédio é muito importante que pais e professores o detectem cedo e adotem as medidas adequadas.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são as causas do fracasso escolar, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Escrever comentário sobre Quais são as causas do fracasso escolar

O que lhe pareceu o artigo?

Quais são as causas do fracasso escolar
Quais são as causas do fracasso escolar

Voltar ao topo da página