Partilhar

Como são os campos de refugiados

Por Nicolas Santos. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como são os campos de refugiados
Imagem: codigonuevo.com

Campos de refugiados são áreas designadas pela resguarda de pessoas que foram forçadas a migrar de suas moradias, devido a conflitos sociais, políticos, econômicos e naturais (como avalanches, tsunamis, terremotos e furacões). Os campos de refugiados nem sempre possuem boas condições para abrigar estas pessoas, são sustentados por Ong's e estas nem sempre conseguem dar conta da quantidade de pessoas sem lugar para morar, pão para comer e remédio para tratar suas doenças.

Neste artigo, umComo explica o que são os campos de refugiados.

Também lhe pode interessar: Como montar uma ONG

Onde se formam os campos de refugiados

Os campos de refugiados geralmente se formam involuntariamente, sem planejamento, embora exista também aqueles que são planejados. O seu surgimento se dá desta forma pois na maioria das vezes os conflitos em seus países, como as guerras, deixa as pessoas sem opções, e ao fugir, estas migram até um local que possa ser considerado como mais seguro. Alguns conseguem ir para outros países, se refugiar em casas de parentes ou algo do gênero, mas os que ficam para traz unem-se, formando um campo de refugiados.

A localização destes campos geralmente é no mesmo país ou região de países, mas em locais mais afastados dos conflitos. As estruturas das tendas são precárias, construídas com todo e qualquer material disponível como paus, panos, pedra, lama e sacos plásticos. As condições sanitárias são mínimas, o que agrava e facilita o contágio por doenças. Dependendo da acessibilidade do local, a ajuda pode demorar para chegar, assim como alimentos e medicamentos.

Como vivem os refugiados

A maioria destas pessoas não tem mais para onde ir. Aqueles que possuem família no exterior, isto é, fora do país em que estes se encontram, buscam o quanto antes por ajuda; mas boa parte destas pessoas não tem ninguém a quem recorrer. Os refugiados, dependendo da causa de sua migração, podem passar até mesmo anos num campo de refugiados, vivendo de forma precária. Nos casos políticos ou econômicos, como regimes autoritários ou crises, por exemplo, o tempo de refúgio não costuma se prolongar por tanto tempo; mas quando ocorrem guerras ou desastres naturais - situações que podem destruir as cidades anteriormente habitadas - as pessoas que de lá fugiram só poderão voltar quando o local estiver novamente habitável.

A Ajuda da ONU

A Organização das Nações Unidas possui um órgão especial para tratar de problemas dos campos, chamado ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados) que busca proporcionar um maior nível de condição de vida nestes campos, fornecendo alimentos, assistência médica e segurança.

Existem, atualmente, cerca de 42 milhões de pessoas refugiadas em mais de 100 campos de refugiados espalhados em diferentes regiões do mundo. Estes campos geram problemas que transgredem gerações, e a situação precária não é a única que favorece a degradação social e psicológica de cada pessoa; muitas vezes os refugiados sofrem de preconceito por serem mal vistos pelos países próximos de onde eles se refugiam. Em muitos casos, estes outros países, ao invés de ajudar, agravam a péssima situação em que estas pessoas se encontram, desmontando campos e perseguindo refugiados.

Como são os campos de refugiados - A Ajuda da ONU
Imagem: egynews.net

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como são os campos de refugiados, recomendamos que entre na nossa categoria de Cultura e Sociedade.

Escrever comentário sobre Como são os campos de refugiados

O que lhe pareceu o artigo?

Como são os campos de refugiados
Imagem: codigonuevo.com
Imagem: egynews.net
1 de 2
Como são os campos de refugiados

Voltar ao topo da página