Partilhar

Como render mais nos estudos

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como render mais nos estudos

Muitos alunos se perguntam com frequência como podem ter fracassado, após terem sido reprovados ou não terem atingido a nota que queriam em um exame. Algumas vezes, não basta se sentar durante horas e horas a ler o texto. É preciso saber planejar o esforço e estudar com sabedoria. Se deseja saber como render mais nos estudos, preste atenção a este artigo de umComo.com.br.

Também lhe pode interessar: Como ser mais organizado nos estudos
Passos a seguir:
1

Motivação. Certamente é o principal ingrediente para render mais nos estudos, e muitas vezes o mais difícil de obter. Por isso, é tão importante desde o princípio fixar metas e encontrar uma motivação para vermos necessidade de nos esforçar nos estudos. Uma vez adquirido o hábito de estudar, fica mais fácil fazê-lo. Principalmente no início, entretanto, é essencial saber que aquilo que fazemos tem um significado e uma recompensa. Todo mundo pode ter a sua própria recompensa: trabalhar naquilo que se gosta, ter acesso a estudos superiores, superar um desafio pessoal...

2

Plano de estudos. Conforme as exigências dos estudos aumentam, é necessário ter um bom planejamento. Quando as disciplinas exigem o estudo de centenas de páginas, não vale a pena ler tudo como um papagaio e colocar no exame a primeira coisa que lembrar. Em vez disso, devemos estabelecer um bom planejamento, dividindo o estudo das disciplinas ao longo dos dias da semana, em função da dificuldade, do volume de temas e das datas dos exames. No planejamento diário, procure reservar o estudo das matérias mais difíceis para as primeiras horas do dia, e deixe as tarefas mais fáceis ou mais leves para o final. Visite o nosso artigo sobre como ser mais organizado nos estudos.

3

Local de estudo adequado. Pode parecer um detalhe menor, mas não o é. Quando a mesa de estudo (e o ambiente em geral) está organizado e com poucos elementos de distração, trabalhamos e estudamos muito melhor. O mesmo se aplica a outros tipos de distrações, como o celular, que deve ser deixado no modo silencioso enquanto estudamos; ou músicas, principalmente se forem músicas com letra, que instintivamente cantamos e nos desconcentram. Assim, é fundamental uma boa iluminação. Se possível com luz natural que entre pela janela.

4

Ler, resumir e esquematizar. Estudar de uma vez 20 ou 30 páginas de um livro de texto de pouco vale no geral. O método mais eficaz nestes casos é o clássico de toda a vida: compreensão de leitura, sublinhado, resumo e finalmente esquematização. Assim, os conteúdos vão sendo gravados aos poucos em nossa mente e com menos esforço do que pensamos.

5

Evite estudar na noite anterior ao exame. Tente manter-se suficientemente preparado para os exames, para não chegar no dia anterior do exame sem saber a metade da matéria. Uma noite sem dormir estudando é o caminho mais seguro para se chegar esgotado ao exame e não render quase nada. Isto é, para uma reprovação quase certa.

6

Coma bem e faça exercício. Ainda que não acredite, seu cérebro estará bem mais fresco e renderá mais nos estudos se você mantiver uma alimentação adequada e equilibrada e fizer exercício com regularidade.

7

Momentos de relax. De tempos em tempos, o cérebro necessita de alguma via de escape para não se transformar em uma panela de pressão prestes a explodir. Saia para dar um passeio, ver um filme, escutar música, ler um livro... O plano é de livre escolha, mas pelo menos um dia na semana deveria ser reservado para dar um descanso à mente.

8

Autocrítica. Normalmente, não basta dizer "fui aprovado", quando as coisas estão indo bem e "fui reprovado" quando vão mal. Você deve fazer um exame de consciência para saber o que foi executado de forma acertada e o que não foi, e agir em conformidade. Este passo é fundamental se deseja render mais nos estudos.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como render mais nos estudos, recomendamos que entre na nossa categoria de Formação.

Escrever comentário sobre Como render mais nos estudos

O que lhe pareceu o artigo?

Como render mais nos estudos
Como render mais nos estudos

Voltar ao topo da página