Partilhar

Como dar novos alimentos ao bebê

Por Ana Lopes. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como dar novos alimentos ao bebê
Imagem: projetoalimente.com.br

Que o leite materno traz vários benefícios para a saúde de nossos bebês, não se pode negar. Mas, quando os pequenos completam 6 meses de vida, é chegada a hora de começar a oferecer novos alimentos a eles. Isso porque, somente até os seis meses, o leite nutre e supre a carência que têm de vitaminas, proteínas e demais nutrientes. Depois disso, é necessário inserir novos sabores e texturas na alimentação de seu filho. Em umComo.com.br, você encontrará respostas para as principais perguntas de mamães que se desesperam quando o filho chega a essa fase: posso oferecer qualquer alimento? Qual a melhor maneira de preparar a papinha? Acalme-se! Essa nova fase, além de exigir tranquilidade e paciência, pode lhe trazer grandes aprendizados e momentos de maior percepção de crescimento do seu bebê.

Também lhe pode interessar: Como começar a dar fruta ao meu bebê
Passos a seguir:
1

Comece oferecendo um suco de frutas: limão, por exemplo. O bebê passou 6 meses em contato apenas com o leite materno, então, é normal que ele estranhe o novo alimento. Tenha paciência e não desista por quê o pequeno colocará tudo para fora em uma cuspida. Entre uma mamada e outra, ofereça um alimento novo por dia.

2

Após três ou quatro dias, ofereça uma fruta amassada diariamente. É importante que o bebê comece a se acostumar a ingerir todos os tipos de alimentos e suas diferentes texturas. Mas, dê em quantidade dosada e verifique como o organismo do seu filho reage a cada experiência.

3

Você já inseriu suco e papinha de frutas na alimentação do seu pequeno, agora é hora das comidas salgadas. Ofereça a papinha salgada na hora do almoço. Logo, terá de organizar os horários de mamada, para que seu filho não esteja saciado com o leite e deixe de lado as papas. Ah! E nada de alimentos industrializados, dê preferência pelos naturais.

4

Após certo tempo, comece a oferecer a papinha salgada também no jantar. E, sempre, ofereça uma fruta raspada como sobremesa.

5

Como o sistema digestivo dos pequenos ainda é muito imaturo e frágil, não ofereça (além dos alimentos industrializados) leite de vaca, alimentos feitos com farinha ou trigo (por conter glúten), seus derivados e ovos. Seu bebê pode não digerir com facilidade e, além disso, pode adquirir alergias a esses alimentos.

6

Passe a oferecer água também. O líquido já entrará com tudo nas papinhas, mas é importante oferecê-lo puro, ao final e entre as refeições.

7

Ofereça sucos e chás. Mas, nunca em excesso. A ideia é complementar a alimentação do seu filho e não substituir, por completo, o oferecimento de água. Não ofereça com açúcar.

8

Passe a estipular um horário correto para as refeições. Assim, já passa a criar uma rotina para o bebê, que ele levará por toda a sua vida. Uma alimentação correta auxiliará no bom funcionamento intestinal do seu filho, além de preveni-lo de doenças crônicas e controlar seu peso corporal.

9

Seu filho irá fazer uma sujeira danada quando começar a experimentar esses novos alimentos. Um dos sentidos mais aguçados do bebê é o tato. Então, ele vai querer pegar o alimento. Não o prive disso. Deixe que ele se suje e curta essa nova experiência e comece a estimular a curiosidade dele para o mundo. Os reflexos disso virão com o tempo.

Como dar novos alimentos ao bebê - Passo 9
Imagem: telegraph.co.uk

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como dar novos alimentos ao bebê, recomendamos que entre na nossa categoria de Ser Pai e Mãe.

Escrever comentário sobre Como dar novos alimentos ao bebê

O que lhe pareceu o artigo?

Como dar novos alimentos ao bebê
Imagem: projetoalimente.com.br
Imagem: telegraph.co.uk
1 de 2
Como dar novos alimentos ao bebê

Voltar ao topo da página